Notícias

28/05/2020 10:00

#SessãoCinematecaTVT - No Programa Surpresa, a Rede TVT exibe cinco documentários na Sessão Cinemateca da Bahia

Foto: Divulgação

A Rede TVT exibirá neste sábado (30), às 21h, na Sessão Cinemateca da Bahia (Dimas/Funceb) os documentários: Dek Tamarit (Brasil, 2017), O Fantasma de Glauber Rocha (Brasil, 2019), Sensações Contrárias (Brasil, 2007), O rei do Cagaço (Brasil, 1997) e Sair do Armário (Brasil, 2018). As exibições fazem parte do Programa Surpresa, em que os filmes desafiam a realidade dos dias comuns, brincam com a linguagem cinematográfica investigando as formas de contar narrativas surreais dessa Bahia.

Dek Tamarit (Brasil, 2017)
Direção: Marcus Barbosa
Duração: 15 min
Censura: Livre
Sinopse: Estudante timorense enfrenta seu maior desafio durante seus últimos dias na cidade de Salvador, Bahia.

O Fantasma de Glauber Rocha (Brasil, 2019)
Direção: L. H. Girarde
Duração: 16 min
Censura: 14 anos
Sinopse: Foi encontrada, décadas depois de sua gravação, uma fita do programa jornalístico investigativo “Lendas Diretas: Mistério”, edição especial sobre o Fantasma de Glauber Rocha, investigando um boato de que o fantasma do cineasta estaria circulando em sua cidade natal, Vitória da Conquista, sem previsões de seu objetivo. Curiosamente, o programa não foi ar, e apesar do ceticismo, a suspeita é que houve uma estranha interferência sobrenatural no estúdio.

Sensações Contrárias (Brasil, 2007)
Direção: Amadeu Alban, Jorge Alencar, Matheus Rocha
Duração: 06 min
Censura: 10 anos
Sinopse: Dentro de um ambiente provinciano-decadente, desenvolve-se a noção de borrão, em que os eventos coreográficos e imagéticos se dão por aparentes acidentes, falhas e descontinuidades, num limite entre realismo cotidiano e surrealismo.

O rei do Cagaço (Brasil, 1997)
Direção: Edgard Navarro
Duração: 09 min
Censura: 14 anos
Sinopse: O super close de um ânus em atividade é a imagem primordial do filme. A partir dela o autor traça um painel em que, misturando material procedente do caos urbano ao de seu próprio inconsciente, propõe uma analogia à retenção anal que acomete a civilização contemporânea, empenhada em acumular para si cada vez mais grana (fezes, segundo Freud) em detrimento do coletivo. A personagem central é um pária de rua que espalha excremento pela cidade; as autoridades mobilizam efetivos de repressão, mas não conseguem localizar o homem que, para além dos limites do filme, vai cumprir seu escatológico destino.

Sair do Armário (Brasil, 2018)
Direção: Marina Pontes
Duração: 04 min
Censura: Livre
Sinopse: “Eu penso todo o tempo que se tivesse nascido muda, ou se tivesse mantido um juramento de silêncio toda minha vida, teria sofrido igual, e igualmente morreria” Audre Lorde.

Serviço:
Sessão Cinemateca da Bahia - Programa Surpresa
Filmes: Dek Tamarit (Brasil, 2017), O Fantasma de Glauber Rocha (Brasil, 2019), Sensações Contrárias (Brasil, 2007), O rei do Cagaço (Brasil, 1997) e Sair do Armário (Brasil, 2018)
Data: 30/05 (sábado), às 21h
Onde: Rede TVT (em São Paulo, canal 44) e www.tvt.org.br, e na TV Kirimurê (em Salvador, canal 10.2)

Confira aqui programação completa da Sessão Cinemateca da Bahia na TVT
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.