Notícias

30/08/2021 11:10

#AldirBlanc - Série documental "Mulherial de Dança da Bahia" é apresentada nesta segunda e terça-feira

foto: Divulgação

A história de sete mulheres negras baianas, com suas trajetórias no universo da dança vão marcar o lançamento da série documental e site "Mulherial de Dança da Bahia", que vai trazer em três episódios a memória, narrativas e construções dessas mulheres na pesquisa, criação, formação e difusão em danças negras ao longo de anos.

O lançamento acontece nos dias 30, às 20h (primeiro episódio) e 31 de agosto, às 16h e 20h (segundo e terceiro), no canal do youtube do projeto (bit.ly/mulherialdedanca). A série vai trazer no elenco o relato das artistas Célia Praesent, Uiliane Monteiro, Rita Carneiro, Karol Ribeiro, Gisa Kizumba, Raimunda Sena e Sueli Ramos. Após o lançamento a série ficará disponível no canal do youtube do projeto até o dia 10 de setembro.

O projeto Mulherial de Dança da Bahia tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial de Cultura e do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Regido pelos itans de como Yemojá tornou-se mãe de todas as cabeças e o itan da insurgência de Osun ao poderio e submissão dos homens, a série documental traz em sua estética os elementos das yabás, nome na língua africana iorubá que representa orixás femininos, representando as orixás Nanã, Yemojá, Osun, Oba, Oyá e Yewá.

Idealizado pela bailarina,  intérprete criadora e produtora cultural Inah Irenam - que assina a direção geral do projeto -, o Mulherial visa evidenciar o protagonismo das histórias de carreira dessas mulheres no universo da dança, muitas delas invisibilizadas pelo racismo e machismo.  "Tem uma construção histórica de mulheres negras na dança, principalmente as mais velhas, que deixaram um legado e que não é lembrado. As minhas contemporâneas que estão no corre diário da dança, também. Esse projeto é para trazer essa memória e contar sobre trajetórias marcantes”, afirmou Inah.

Motivação


O projeto é motivado por diversos acontecimentos. As ausências escritas, faladas, visuais das histórias de muitas artistas da dança, as recorrentes lives durante a pandemia da Covid-19 mencionando o nome de várias artistas, algumas desconhecidas na atualidade, e uma homenagem na Câmara Municipal de Vereadores de Salvador, em 2019, através do mandato do vereador Sílvio Humberto, para homenagear as mulheres negras da dança baiana.

Formada por uma equipe majoritariamente feminina e que tem a dança como linguagem de vida e artística, em interface com outras áreas, a série documental “Mulherial de Dança da Bahia” tem direção geral da Inah Irenam, roteiro de Taís Amordivino, pesquisa de Edeise Gomes e Raina Santos, Produção Executiva de Thaise Reis e Rafael Almeida, Trilha Sonora Original de Bruno de Jesus e Lucas de Gal e Direção de Fotografia e Câmera de Fabrício Rocha, Fotografias de Diógenes Neghet, Composição de Figurino de Arieli Batista e Uz Cavalcante e Identidade Visual de William Gomes.

SERVIÇO

O que: Lançamento da série documental “Mulherial da Dança da Bahia”
Quando: 30 e 31 de agosto
Onde: Canal do Youtube do Mulherial da Dança na Bahia
https://www.youtube.com/channel/UCExNP3OJJ4b6XDxfYqDfOKQ
Mais informações: https://www.mulherialdedanca.com/  
Instagram: www.instagram.com/mulherialdedanca

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.