Notícias

16/07/2021 11:00

#AldirBlanc - Curta-metragem "O mundo acabou?" estreia dia 18 de julho no youtube

foto: Divulgação

 

Uma das principais categorias afetadas pela pandemia do coronavírus desde 2020 foram os artistas. Cinemas, teatros e casas de show permaneceram - e em muitas partes do Brasil, ainda permanecem - fechados para o público. Foram os primeiros locais a serem fechados e provavelmente serão os últimos a serem plenamente reabertos. O cotidiano de insegurança de um grupo de teatro que se viu obrigado a suspender a temporada de uma peça é o mote do curta-metragem "O mundo acabou?", que estreia no próximo dia 18 de julho, às 19h, no YouTube, onde fica disponível até o dia 31, gratuitamente, com audiodescrição para o público deficiente visual a partir do dia 19.

Com 25 minutos de duração e classificação etária de 14 anos, "O mundo acabou?" é um desdobramento da websérie de mesmo nome, que foi lançada em agosto de 2020. Conta a história dos membros desse grupo de teatro durante os cinco primeiros meses da pandemia. Impedidos de trabalhar e obrigados a ficar em casa, eles passam a dialogar em videochamadas e chats por aplicativos. Na pauta das conversas, a experiência de cada personagem: como lidar com a solidão, a falta de perspectiva de trabalho, como continuar atuando? Daí vem a pergunta que remete à célebre canção de Assis Valente: será que o mundo acabou?

O curta foi realizado a distância, com reuniões virtuais e equipamentos individuais, como ocorreu também com "Cinco Vezes Comédia", da diretora Monique Gardenberg, também centrado na pandemia e seus desafios. "Dos atrasos das primeiras reuniões à finalização do filme, existiu a construção do que nos tornamos na pandemia. Ansiosos pelo fim, assustados com as novidades e angustiados com a incerteza do futuro próximo. Estes personagens são, cada um à sua loucura, nós todos", conta o diretor João Lins.

Com roteiro de Aícha Marques, produzido por Analu Tavares e idealizado por Mariana Moreno, "O mundo acabou?" é um flash na vida de Martha (Aícha Marques), diretora teatral do grupo, e dos atores Pedro (Leandro Villa), Amanda (Analu) e Larissa (Mariana Moreno) em meio a lockdowns, isolamento social, toques de recolher e a espera pela vacina contra a Covid19. O filme tem Barbara Borgga como atriz convidada e traz o escritor e jornalista Jean Wyllys numa inusitada participação especial.


A ideia de "O mundo acabou?" nasce da angústia, mas aponta para uma esperança de tempos melhores. “Veio de um impulso de resistência, do desejo do (re)encontro, da determinação em descobrir possibilidades de realização nestes tempos tão áridos, sombrios, dolorosos”, declara Mariana Moreno, que teve a ideia original e contracena com as crianças Davi e Tomaz, seus filhos, e Dinho Jr., que compõe a família dapersonagem.

Para Analu Tavares, que fez a produção executiva e também atuou, um desafio novo. "Atuar e produzir, duas paixões. Juntas, um risco cada vez mais inevitável. Deixar de lado a produtora e receber’ a atriz foi a parte mais difícil, um grande aprendizado. Eu me sinto mais forte e muito grata a essa equipe tão competente. Acabou? Não! O Mundo tá só começando", afirma.

Aícha Marques, que também se desdobra como atriz e roteirista, buscou na colaboraçãodos amigos reunidos no projeto a força para realizar. "Escrever um roteiro já sabendo que seria defendido por Leo, Ana e Mari foi, sem dúvida, uma inspiração à parte. Soupura gratidão!", diz.
"O mundo acabou?" tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

SINOPSE:
"O mundo acabou?" é um curta-metragem ficcional que apresenta um grupo de teatro que se vê obrigado a suspender a temporada da peça que estava em cartaz devido à pandemia do coronavírus, causador da doença Covid-19. No enredo, toda a angústia, o medo, os devaneios e as esperanças dessas personagens nos cinco primeiros meses da pandemia. Impedidos de trabalhar e obedecendo ao isolamento social, eles passam a se falar virtualmente e relatar suas experiências diante da situação.

SERVIÇO
Lançamento: Pré-estreia gratuita em 18 de julho, 19h, seguida de bate-papo com o elenco pelo aplicativo Zoom
Exibição: Até 31.07 (acesso livre)
Gênero: Ficcional / Duração: 25 minutos / Classificação: 14 anos
Realização: NaLuta Produções, Baú Produções, Chá de Boldo Produções e Ponto MOV Filmes

 


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.