Notícias

16/10/2020 13:30

#CalendárioDasArtes - "Prosa, Memória, Contos e Cantos Mestra Totinha do Reis" é premiado na categoria Audiovisual

Foto:Divulgação


O projeto audiovisual Prosa, Memória, Contos e Cantos: Mestra Totinha do Reis vai contar em um vídeo a trajetória de vida, luta, amor, dedicação de 59 anos de tradição de Cultura Popular de Terno de Reis de Dona Totinha. A proposta do município de Itarantim, Macroterritório 1 da Bahia, é apoiada pelo edital Calendário das Artes 2020 - 8ª edição, da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB/SecultBA).

 

"Em meio a pandemia de covid-19, o setor da cultura é um dos últimos a reativar suas atividades e a movimentar sua economia. E quando se trata de pessoa idosa, a demora poderia ser bem maior. Mas, através da participação neste edital, queremos mostrar que podemos contribuir mostrando nossos trabalhos, experiências, conhecimentos e sabedoria, além das conquistas ao longo dos anos militando na cultura popular”, reconhece a proponente Mestra Totinha do Reis.

 

59 anos de tradição - O Terno de Reis da União de Itarantim, na Bahia, vem passando de geração em geração. Desde criança, Dona Totinha acompanha os passos de seus pais na circulação do Terno de Reis. Com a morte de seus patriarcas, Joaquim Chaves e Senhoria Pereira, ela assumiu no ano de 1973, com a idade de 27 anos, o compromisso de manter viva esta tradição. Atualmente Dona Totinha está com 74 anos, 59 vividos em compromisso com a tradição. Em 2018, ela foi premiada no 6º Prêmio Culturas Populares do Ministério da Cultura do Governo Federal, Edição Selma do Coco, com a nota máxima 100.

Foto:Divulgação

Terno de Reis de Dona Totinha já circulou por várias cidades do Sul da Bahia e Norte de Minas Gerais a exemplo de: Bom Jesus da lapa, Caetité, Piripá, Ituaçu, Itapetinga, Itororó, Maiquinique, Bandeira de Minas, Almenara; Potiraguá, Macarani, Itambé,Vila das Graças, além de Itarantim, berço de toda tradição. Essas atividades acontecem em locais como praças, escolas, casas da comunidade, igrejas, salões, áreas rurais, dentre outros.


Em "Prosa, Memória, Contos e Cantos: Mestra Totinha do Reis" ela conta a trajetória de 59 anos de Terno de Reis, como surgiu o grupo, as histórias de foliões que ficaram na memória, cantos que marcam os encontros do grupo, além de mostrar como se toca os instrumentos do reisado: flauta, Bumba, reco-reco e outros.

 

"Esses 59 anos de Cultura Popular são muitas histórias relatadas a compartilhar, que não podem ficar esquecidas, e sim, devem ser divulgadas para mostrar às famílias que estão em isolamento social a importância da cultura popular para nosso Brasil", finaliza a proponente. 

 

"Prosa, Memória, Contos e Cantos: Mestra Totinha do Reis" está disponível no canal da Funceb no youtube. Inscreva-se e ative as notificações para não perder nenhum vídeo do Calendário das Artes!

 

Fotos: Divulgação

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.