Notícias

18/05/2018 09:30

Sessão dupla ''Jean-Pierre Melville, o discreto samurai'' é atração na Sala Walter

Jean
Precursor da Nouvelle Vague francesa, Jean-Pierre Melville é influência importante até hoje(Foto: Divulgação)

Sempre associado ao ''film noir'' na cinematografia mundial, Jean-Pierre Melville é uma influencia inegável sobre cineastas contemporâneos como Quentin Tarantino, Jim Jarmusch, Johnny To, Michael Mann, John Woo e Masahiro Kobayashi.  A despeito da sua importância, a obra do cineasta ainda é pouco difundida no Brasil. Para preencher essa lacuna, a Cinemateca da Embaixada da França no Rio de Janeiro traz ao País um ciclo em homenagem ao realizador. Em Salvador, a Sala Walter da Silveira, acolhe uma versão reduzida da Mostra com dois títulos significativos da filmografia melvilliana.

Estilo oriental
De 24 a 30 de maio, o cinema Cult dos Barris exibe uma sessão dupla, com ''Círculo Vermelho'', filme policial meditativo de estilo oriental,  que traz  Alain Delon, Gian Maria Volonte e Yves Montand no elenco. A outra atração é ''Técnicas de um Delator'', com Jean-Paul Belmondo na pele do protagonista (saiba mais sobre cada filme abaixo).

Considerado precursor da Nouvelle Vague, Melville era também roteirista, produtor e ator, tendo trabalhado com os maiores astros e estrelas francesas: Alain Delon, Catherine Deneuve, Lino Ventura, Juliette Gréco, entre outros.

O crítico de cinema Gilberto Silva Jr. identifica as características bem particulares de Melville: ''Em especial a partir de '''Técnica de um Delator'' (1962), ele trabalha especificamente com brilhantes transposições do universo do film noir para o cenário europeu. Do gênero clássico, o cinema de Melville guarda os protagonistas silenciosos e taciturnos, de moral dúbia, que podem tanto ser policiais ou criminosos, mas que na maioria das vezes relativizam os limites que separam os universos da lei e do crime''.

Conheça os filmes

Dias 24 e 26/05
15h
O Círculo Vermelho (Le Cercle Rouge, FRA/ITA, 1970)
Direção: Jean-Pierre Melville
Elenco: Alain Delon, Bourvil, Gian Maria Volonte e Yves Montand.
Duração: 150 minutos
Classificação: 14 anos
Sinopse - Corey (Alain Delon) é um charmoso ladrão que deixou a prisão no mesmo dia que o assassino Vogel (Gian Maria Volonte) escapou da custódia do superintendente de polícia Mattei. Assim começa a parceria entre os dois bandidos, que juntos com um ex-policial planejam um roubo de joias. Só que eles precisam escapar da ira de um chefe da máfia, roubado por Corey, e da perseguição policial.

Dias 25 e 30/05
15h
Técnica de um delator (Le Doulos, FRA/ITA, 1962)
Direção: Jean-Pierre Melville.
Elenco: Jean-Paul Belmondo, Serge Reggiani, e Michel Piccoli. 
Duração: 108 minutos.
Classificação: 14 anos
Sinopse - Quando o assaltante Maurice Faugel sai da cadeia, não perde tempo: ele mata Gilbert Vanovre, um antigo amigo seu e receptor, e rouba o dinheiro de um arrombador de cofres. Logo, Maurice trama um plano ainda mais ousado: ele planeja invadir e roubar a casa de um homem. 

Serviço
Sessão dupla ''Jean-Pierre Melville, o discreto Samurai'', de 24 a 30 de maio (Exceto nos dias 27, 28 e 29/05). Apoio: Cinemateca da Embaixada da França no Rio de Janeiro

Onde
Sala Walter da Silveira (Rua General Labatut, n 27 - subsolo da Biblioteca Pública dos Barris)
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.