Notícias

30/01/2018 09:30

Filme do Mali inaugura sessão "Clássicos Africanos"

.
''Yeelen'', filme de raro senso plástico em destaque na Walter (Foto: divulgação)

A semana que antecede o recesso de carnaval, na Sala Walter, é dedicada ao Mali. De 1 a 6 de fevereiro, o cinema cult dos Barris inaugura a sessão ''Clássicos do Cinema Africano'' com a exibição de ''Yeelen'' (A luz) - disponibilizado exclusivamente para Salvador, pela Cinemateca da Embaixada da  França no Rio de Janeiro - em sessões diárias, sempre às 15h, com entrada gratuita.

Ancestralidade
Cineasta malinês, Souleymane Cissé é um dos grandes nomes do cinema contemporâneo. Realizador de olhar poético e contundente sobre a ancestralidade africana, a exclusão social e o senso épico-ritualístico das tradições culturais do seu País, ''Yeelen'' (A luz) é a sua obra-prima.
Filme de raro senso plástico e aura de tragédia grega, é a perfeita transliteração da África profunda e mágica para o universo audiovisual.

Programação
 
De 1 a 6 de fevereiro
Entrada franca
15h
Yeelen (Alemanha, Burkina Fasso, França, Japão, Mali 1987)
Direção: Souleymane Cissé.
Elenco: : Balla Moussa KeïtaIssiaka Kane e Aoua Sangare.
Duração: 106 minutos.
Classificação: Livre
Sinopse - Dotado de poderes mágicos, um jovem parte em busca de seu tio para pedir ajuda em uma luta contra seu pai, um feiticeiro.
  

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.