Notícias

15/12/2017 12:20

Documentário de Carlos Pronzato sobre a primeira greve geral do Brasil é lançado na Sala Walter

greve

Na quarta feira 20 de dezembro às 18h30 na Sala Walter da Silveira (Biblioteca Pública dos Barris, Rua General Labatut, 27, Barris, Salvador) será lançado o documentário "1917: A GREVE GERAL" (SP, 90 min, Cor, Digital, 2017) do diretor argentino/brasileiro Carlos Pronzato. A entrada é franca.
A primeira greve geral do Brasil, ocorrida em julho de 1917, promovida por organizações operárias de origem anarquista, foi uma das mais abrangentes e longas da História do Brasil. O documentário, através de entrevistas a especialistas e estudiosos do tema, celebra o centenário da primeira vitória da classe operária, arrancando conquistas sócias do Estado e do Patronato da época.
O documentário teve diversas pré-estreias em algumas capitais do pais. Já o lançamento oficial aconteceu no Rio de Janeiro no dia 7 de dezembro na Sede da OAB, em evento promovido pelo jornal Tribuna da Imprensa Sindical e o Centro de Documentação e Pesquisa da OAB. Na ocasião, o diretor do filme levou o prêmio Destaque Sindical Liberdade de Imprensa.
Carlos Pronzato, que é conhecido por registrar ações importantes da atual e antiga conjuntura social brasileira e da América Latina, somando em torno de 70 documentários, celebra com esta obra o centenário da greve geral de 1917.
Na abertura, teremos a participação do poeta Denisson Palumbo declamando trechos de Ódio aos Indiferentes, texto de 1917 do teórico marxista italiano Antonio Gramsci, além de obras poéticas da sua própria lavra. Após a exibição do filme haverá um debate com a participação de Carlos Pronzato, diretor do filme, de Carlos Baqueiro, integrante do Centro de Cultura Social Maloca Libertaria, e dirigentes sindicais da Bahia.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.